O grande responsável por tudo isso aqui, o cara que deu vida à Seppia. O jeito meio ogro de ser e a cara meio sisuda escondem um ser humano que preza pelo bem-estar do outro, preocupado com a verdade e em ser feliz fazendo aquilo que “brilha os olhos”. Eclético, é apaixonado por futebol e pelo São Paulo F.C, gosta de Rage Against The Machine, livros aos montes e sobre todos os assuntos e Spice Girls. Já trabalhou em redação de jornal, já palestrou, já planejou, já viajou e já voltou. Possui um texto impecável e uma visão estratégica ampla para a comunicação. Mas, pra funcionar, precisa daqueeeele café! Como se não bastasse, ainda se arrisca na cozinha, onde faz um belo Ragu e um churrasco de dar água na boca.